Visita a Setúbal

A turma de “Tudo é Economia e Economia do Mar” efetuou em 9 de Novembro do presente ano letivo uma visita de estudo na região de Setúbal, organizada e acompanhada pelos seus professores Jacob e Lapa, com a colaboração de alguns colegas e do delegado de turma.
A concentração dos participantes deu-se na área de serviço de Palmela donde seguimos para uma visita à empresa ”BoatCenter” sita na zona da Mitrena, tendo-se posteriormente partido para  o centro da cidade, desta vez para visitarmos a denominada “Casa da Baia”
Na Boatcentrer, empresa que exerce a sua atividade desde 2000 no âmbito da náutica de recreio prestando serviços de parqueamento e recolha de embarcações, sua reparação e venda de unidades novas ou usadas, fomos recebidos pela sua sócia-gerente D. Maria José que nos deu uma panorâmica da forma como aquela é desenvolvida, das instalações que ocupam e dos projetos para o futuro.
Uma vez chegados ao centro de Setúbal fomos encontrar a Casa da Baia, onde funciona a Divisão de Turismo do Município de Setúbal, instalada num edifício da primeira metade do século XVIII, classificado como património municipal.
Ali esperava-nos a técnica D. Sandra que nos foi dando conta do seu objetivo e dos serviços ali desenvolvidos, conduzindo-nos numa visita às suas instalações.
Uma das suas áreas é ocupada pelo CIRES | Centro Interpretativo do Roaz do Estuário do Sado, espaço inteiramente dedicado à divulgação e valorização do conhecimento sobre a comunidade sedentária de golfinhos na baía de Setúbal, tendo-nos neste contexto sido transmitida informação sobre as famílias residentes no Sado, seus hábitos e sua estrutura animal.
As horas passaram depressa e os nossos estômagos davam já conta disso pelo que sem mais demoras nos dirigimos a Algeruz, onde de imediato todos de alguma forma contribuíram na organização dum churrasco a que não faltou as castanhas assadas e uma bela água pé, já que o São Martinho batia á porta.
O nosso obrigado aos nossos professores e particularmente aos parentes do Professor Lapa, que amavelmente nos receberam na sua quinta, pelo dia que nos foi proporcionado e conhecimentos adquiridos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.