Dia da Terra

Lutar pelo Planeta Azul

Terra, a que chamamos o planeta azul (cerca de 71% da sua superfície está coberta por oceanos, é o terceiro planeta mais próximo do Sol, o mais denso e o quinto maior dos oito planetas do Sistema Solar.

Formou-se há 4,56 biliões de anos. A vida surgiu na sua superfície um bilião de anos depois e interage com outros astros, em particular com o Sol e a Lua, o seu único satélite natural. Esta é responsável pelas marés, estabiliza a inclinação axial da Terra e abranda gradualmente a rotação do planeta

O futuro da vida no planeta está intimamente ligado ao do Sol.  Os modelos climáticos indicam que o aumento da radiação atingindo a Terra, provavelmente terá nela consequências catastrófica, embora se acredite poder vir a suportar vida mais 500 milhões de anos embora esse período possa estender-se até aos 2,3 biliões caso se verifiquem  condições favoráveis..

Com o objectivo de  chamar a atenção de todos os habitantes do Planeta  que esta é a nossa casa e por isso, temos de cuidar dela,  foi criado pelo norte-americano Gaylord Nelson o “DIA DA TERRA”  celebrado  há 50 anos em 190 países a 22 de abril, para assinalar a data que em 1970 uma manifestação alertando contra a poluição reuniu nos E.U.A. milhões de manifestantes.

Uma das consequências dos maus-tratos que a Terra sofre por parte dos humanos é a extinção de muitas espécies, o que implica um desequilíbrio ambiental do ecossistema, e leva a que, muitas outras espécies, sofram com isso estando mais de 28 mil ameaçadas de extinção, entre animais e plantas.

Todos nós podemos e devemos contribuir para a preservação do planeta e da vida que nele se desenvolve mesmo através de acções simples como consumir menos, ajudando a melhorar a nossa pegada ecológica,  adoptando hábitos mais sustentáveis, pois todos os nossos comportamentos têm influência no impacto ambiental e contribuem para o efeito de estufa,  a que também não é alheio o tipo de alimentação que fazemos

Esta comemoração pretende alertar a população de todo o mundo para a protecção e uma utilização moderada dos recursos naturais e a necessidade da sua preservação.

No nosso país, tal como no resto do mundo,as celebrações vão ser adaptadas à nova realidade digital. Tiveram início no passado dia 18 de abril e vão continuar até ao próximo dia 26, com mais de 40 organizações nacionais a dinamizarem mais de 80 iniciativas

Mas apesar de todos os esforços que se vêm desenvolvendo no sentido da  preservação do planeta, quer a nível pessoal (lembro Greta Thunberg) quer ao das mais altas instâncias (António Guterres nas Nações Unidas), acabam por se verificar acontecimentos que os  podem tornar menores.

Se adversos  factores ambientais, a guerra,  a fome e as más condições de vida de muitas populações já eram uma realidade, agora a vida na Terra é também posta em causa por uma pandemia que vem roubar aos mais idosos a ténue  esperança de o verem mais sustentável.

O momento actual poderá vir a ser apenas mais um ciclo a juntar a outros como  a  Pangeia, as glaciações ou a extinção dos dinossauros. Cabe agora aos que lhe conseguirem resistir levarem ainda com mais empenho a tarefa de procura de uma sociedade mais justa num ambiente onde o Homem respeite a natureza.

Dia Mundial da Terra

Comemorar o Dia da Terra

50º Aniversário do Dia da Terra

2 comentários em “Dia da Terra”

  1. O seu artigo está muito bom como já respondi no comentário do meu site web. A preocupação de ter revertido para o visual só perde a informação se não tiver gravado, mas mesmo que isto aconteça pergunta sempre se quer sair. Pode fazer a experiência pois se passar do page builder para o visual só tem uma apresentação: texto e imagens e aparecem os widgets seguidos. Se reverter para o page builder de novo ele estabiliza tudo como estava antes. Não pode esquecer de guardar rascunho ou atualizar. Não esquecer acima dos comentários tem um campo chamado REVISÕES, aqui pode ajudar a rever as alterações feitas. Que estas dúvidas ajudem para casos semelhantes. Boa continuação e saúde para toda a familia.

    1. Obrigado professora.
      Ai está um ovo de Colombo que um inexperiente não considerou: O CAMPO REVISÕES
      Não vou esquecer no futuro, pois vou já anotar no meu breviário.
      Tudo a correr também da melhor maneira convosco.
      Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *