Unisseixal – Do Nascimento ao XV Aniversário

A ideia de constituição de uma universidade sénior virada para a população surgiu em 2004 entre um grupo de pessoas ligadas ao ensino a quais se reuniam para participarem nas atividades organizadas pela recente formada CES-CASA DO EDUCADOR, (2002), com o objetivo de entre outras atividades, promover o convívio, formação e cultura entre os seus sócios.

Dadas as contingências com que a Casa do Educador se debatia esta ideia só veio a avançar em 2006 com a constituição de um grupo de trabalho que desenvolveu um projeto que culminou com a abertura da universidade a 15 de janeiro de 2007.

A colaboração dos professores era tal como hoje em dia graciosa, mas as sua instalações, assim como as da CES, eram precárias e espalhavam-se por 11 polos: escolas, juntas de freguesia clubes recreativos – permitindo o funcionamento de 32 turmas, lecionadas por 40 professores que partilhavam as suas habilitações a 209 alunos logo no seu primeiro ano.

Mais tarde, em 2010,  graças à cedência pela Camara Municipal de um edifício na Praça dos Restauradores no Seixal, pode aí concentrar grande parte das suas atividades que além das aulas se estendem por convívios, visitas de estudo, colóquios, exposições entre outras.

Já na altura o logotipo da Unisseixal a azul e dourado, cores da Casa do Educador e do município, formado por uma arvore, símbolo de vida, com as letras representando as suas raízes como uma metáfora para as oportunidades que proporciona aos seus alunos.

O seu lema é VIVER COM QUALIDADE, e pela atividade desenvolvida está catalogada como UNIVERSIDADE DE EXCELENCIA o que lhe foi reconhecido pela Rutis-Rede de Universidades Séniores, da qual é a 72ª filiada.

O número de alunos foi sempre aumentando e o edifício não apropriado para a utilização que se   pretendia, não permitia que ali fossem concentradas todas as valências que  eram postas à disposição dos alunos,  pelo que os seus dirigentes sempre tiveram o sonho de vir a conseguir que o município lhe cedesse outras instalações que proporcionassem  melhores condições de espaço e conforto.

Com a chegada da pandemia a que o planeta está confrontado,  a Unisseixal viu toda a sua dinâmica suspensa  numa altura que já era frequentada por mais de 800 alunos mas tudo parece querer voltar à normalidade, com aquele numero a vir novamente a ser atingido no ano letivo de 2021/2022, em que funcionam  130 turmas.

Para isso muito contribuiu os esforços desenvolvidos pelos seus dirigentes na procura de novas instalações, os quais vieram a culminar com a inauguração em 18 de Setembro de 2021, de um edifício no Fogueteiro, onde em tempos funcionou o antigo Grémio da Lavoura,  reconstruído para o efeito e cedido pela Camara Municipal após a assinatura em maio de 2020 de um contrato de comodato com a Casa do Educador a quem cedeu o direito da sua utilização por trinta anos.

Chegados assim ao seu 15º aniversário, as comemorações que costumavam ser assinaladas com pompa e uma sessão solene no Fórum Municipal do Seixal não se puderam realizar devido às condições sanitárias que atravessamos,  mas a data não deixou de ser lembrada por todos.

Pessoalmente frequento a Universidade desde 2017, este ano letivo em 6 disciplinas, e aqui deixo os meus parabéns a todos os seus atuais e ex-dirigentes e professores.

PARABÉNS UNISSEIXAL !

(Texto elaborado a partir  da consulta de artigos publicados no site da Unisseixal)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.